O PODER DO SETOR COMERCIAL

Adriana Marinho




Você já parou para pensar nos caminhos que trazem seu cliente até você? O mundo dos negócios é muito competitivo, a oferta de produtos é grande e o cliente procura o serviço que melhor lhe atende. Todo empreendedor precisa saber apresentar a sua empresa e atrair a atenção do cliente. Mas qual a melhor estratégia para divulgar a sua empresa? O setor comercial tem a resposta.


O setor comercial é de fundamental importância para o empreendedor. É por meio dele que o cliente toma conhecimento do negócio, dos produtos oferecidos, das especialidades e dos diferenciais dos serviços prestados. O bom comercial faz a divulgação da empresa por diferentes meios, como postagens em redes sociais, mala direta, e-mail, panfletagem e até mesmo o “tête-à-tête”.


Para definir a melhor forma de se apresentar é preciso conhecer bem o seu público, saber onde seu potencial cliente está e entender qual é o seu perfil. Com isso em mente, o comercial se encarrega de traçar as estratégias para abordá-lo e trazê-lo até a empresa. As empresas que não têm um setor comercial estruturado e ativo tendem a ficar estagnadas, a decair ou mesmo a falir.


Uma das estratégias que recomendo, principalmente para novos negócios, é o “tête-à-tête”. Minha experiência de ir pessoalmente ao cliente (ou potencial cliente) sempre me trouxe bons resultados, pois o tratamento pessoal sempre agrada mais as pessoas. É claro os grandes empresários não abordam o cliente dessa mesma forma, mas empresas maiores têm o setor comercial mais estruturado e são representadas por gestores e executivos que fazem esse contato direto com os clientes.


O setor comercial é de suma importância para o negócio e deve estar ativo todo o tempo. Em momentos de crise, como a que foi causada pela pandemia em 2020, os clientes tendem a continuar fiéis quando os serviços continuam a ser divulgados pelas empresas. Esse trabalho não pode deixar de ser feito, pois é assim que conseguimos angariar clientes e parceiros, promover o reconhecimento do nosso negócio e estabelecer a nossa marca no mercado.





Redação: Intertexto


20 visualizações0 comentário